terça-feira, 28 de março de 2017

Psicomotricidade Humana e o Envelhecimento

Imagem relacionadaMuitos associam a psicomotricidade somente com o desenvolvimento da criança. Mas a influência da psicomotricidade ultrapassa a barreira da idade. Diversos autores classificam as etapas da psicomotricidade como: tonicidade, equilíbrio, lateralidade, noção do corpo, estruturação espaço temporal, praxia global e praxia fina.
O equilíbrio é a possibilidade de mantermo-nos contra a força da gravidade sobre uma base, parados ou em movimento, ao passo que a lateralidade corresponde à integração do movimento, tendo em consideração a utilização alternada do lado esquerdo e direito do corpo. Entretanto, a noção do corpo é a capacidade da pessoa na tomada de consciência, controlo e organização automática do seu corpo em relação ao espaço envolvente. Quanto ao conceito de estruturação espaço temporal pode-se entender como a aptidão que temos de nos organizar, posicionar e orientar-nos de uma forma ordenada no espaço e no tempo. Para que tal possa acontecer de uma maneira harmoniosa é essencialmente necessário o conhecimento ou noção de perto, longe, cima, baixo, dos lados, de antes, depois, e todos os outros comandos de distanciamento em relação a si próprio e o alvo. E, finalmente, as praxias globais e finas estão relacionadas com a nossa capacidade de executar atividades com movimentos corporais alargados ou minuciosos.
Essas capacidades desenvolvem-se desde a infância até à fase adulta e encontram o seu declínio com o envelhecimento mais avançado. O exercício físico, nas suas mais variadas formas, ajudam no bom desenvolvimento das funções psicomotoras das crianças e contribui dramaticamente para a manutenção dessas funcionalidades no idoso. Daí a importância da prática do exercício físico mesmo na velhice. 

quarta-feira, 22 de março de 2017

06 de abril - Dia mundial da Atividade Física

Informe-se na sua cidade e no seu bairro o que a sua comunidade está a preparar para o dia 06 de Abril. Faça parte deste iniciativa! 

Resultado de imagem para atividade fisica 06 de abril

terça-feira, 21 de março de 2017

Estruturação espaço temporal - Psiccomotricidade

Resultado de imagem para idoso a beber agua
Na Psicomotricidade a estruturação espaço temporal é um dado importante para uma adaptação favorável do indivíduo, no espaço em que se encontra, com o  propósito de garantir, ou prolongar, a sua autonomia. A estruturação espacial seria a tomada de consciência da situação de seu próprio corpo face ao meio envolvente. Em outros palavras é a capacidade de conscientização natural e adaptação em relação ao local, os objetos, a pessoa e o conhecimento da distância entre eles. Dessa forma pode-se entender a nossa capacidade de estruturação espaço temporal como a aptidão que temos de nos organizar, posicionar e orientar-nos de uma forma ordenada no espaço. Entretanto para que tal possa acontecer de uma maneira harmoniosa é essencialmente necessário o conhecimento ou noção de perto, longe, cima, em baixo, dos lados, de antes, depois, e todos os outros comandos de distanciamento. A isso dá-se o nome de esturução espaço temporal que é essencial para a nossa autonomia como indivíduos.  

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Personalidade Resiliente


Resultado de imagem para sociologiaA capacidade de adaptação, a capacidade de controlo de determinadas situações, o bem-estar e a satisfação com a vida, os bons tratos e a capacidade de enfrentar problemas têm a sua contribuição especial no desenvolvimento de uma personalidade resiliente. Daí provem a necessidade de valorizar, cuidar e respeitar os que estão à nossa volta, pois essas pessoas ajudar-nos-ao de uma forma ou outra nos degraus de aprendizagem e maturação que fazem parte da construção de uma pessoa resiliente. 

Prevenir a Osteoporose

Resultado de imagem para osteoporose e exercicio fisicoEmbora entendamos que envelhecimento não seja sinónimo de doença, também necessitamos ser sensíveis à realidade do efeito que os anos vividos podem trazer. Como bem observaram os investigadores franceses  Thiebauld e Sprumont (2009, p:41) “a senescência é caracterizada pela perda de tecido ósseo que fragiliza o esqueleto”. A essa perda acentuada do tecido ósseo dá-se o nome de osteoporose. Com feito, os poros normais dos ossos de uma pessoa com osteoporose passam a ser muito maiores, de uma forma extremamente acentuada, resultante da perda da massa óssea. Com isso o esqueleto fica fragilizado.
Muitos estudos tão recentes como os de Thiebauld e Sprumont mostram que com o passar da idade é natural certa diminuição da condensação óssea. Entretanto esse fenómeno pode caracterizar-se com o surgimento excessivo de poros cada vez maiores, o que compromete o bom funcionamento de todo o esqueleto.
Embora muitos dos motivos que levam uma pessoa a adquirir osteoporose ainda estejam para serem descobertos, pesquisadores como Barreiros, Espanha e Correia (2006) compartilham a ideia que a inactividade física é um dos factores que apresenta uma grande contribuição para o surgimento dessa doença. Enquanto nos idosos fisicamente activos foi observado uma diminuição, menos acentuada, de massa óssea. Ou seja, mais exercício físico, menor a probabilidade de adquirir osteoporose.

Ter ossos saudáveis e resistentes sem exercício físico constante é como tentar fazer um bolo somente com farinha e açúcar, ou um castelo com areia seca.  

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Flexibilidade e Saúde

Resultado de imagem para elderly exerciseEmbora a fragilidade óssea não seja uma realidade somente na população idosa, essa é caracterizada por uma série de doenças do foro ósseo e articular, o que associa a dor com o movimento, ou mesmo o impedimento da realização total da ação.
Como é do conhecimento comum, a partir da fase adulta, começamos a perder massa muscular. Com o passar da idade essa perda acentua-se, tornando-se num fenómeno irreversível conhecido pelo meio cientifico como síndrome sarcopenica. Um dos efeitos diretos da sarcopenia é a diminuição acentuada da força física e limitação dos movimentos o que por sua vez dificulta a realização de atividades da vida diária.
Outro ponto a salientar é a flexibilidade. A rigidez corporal e a limitação na flexibilidade são alguns dos grandes inimigos dos nossos movimentos do dia-adia. Essa falta de flexibilidade muito contribui para o surgimento de lesões. Embora alguns estudos associem a flexibilidade à herança genética, é notório que a flexibilidade é algo que se desenvolve e se mantém com exercícios próprios para esse fim. Por esse motivo,  acrescente a prática diária de exercício físico e alongamentos na rotina do seu dia! Em algumas semanas vai sentir a diferença!

Fortalecimento do corpo para evitar velhice prematura.

Resultado de imagem para elderly exerciseA prática de movimentos globais espontâneos ou planeados requer mais do que simples vontade. O movimento ocorre a partir de uma cadeia de sucessões devidamente planeada. Por mais simples que seja este nasce no cérebro, que então envia a ordem específica para a parte do corpo onde o movimento é realizado. Entretanto, para que o movimento se realize, é necessário que haja ossatura, tendões e músculos, saudavelmente irrigados por uma corrente sanguínea. E para que isso aconteça é preciso 
exercício físico! Exercite pelo menos três vezes por semana, no mínimo 45min por dia! O seu corpo agradece e a doença fugirá de si. 


Prolongamento da Praxia Global

Resultado de imagem para elderly cyclinga atividade física organizada e metódica é um dos melhores meios de promover a manutenção da praxia global. (poderá ler o conceito de praxia global num dos artigos já editados neste blog). O efeito do exercício físico no corpo do jovem e no corpo do idoso é o mesmo: fortalece a ossatura, músculos e tendões, promove a oxigenação do corpo e mantém uma irrigação sanguínea eficiente até nas regiões mais periféricas do corpo, o que é essencial para a realização de todos os movimentos relacionados com a praxia global.
Embora a maioria esmagadora dos investigadores associam a psicomotricidade somente com a fase infantil do ser humano, no universo da gerontologia a psicomotricidade é uma das ferramentas essenciais como uma das formas de medir, se assim pudemos dizer, o grau de envelhecimento, uma vez que é a partir da psicomotricidade que a pessoa comunica através das emoções, sentimentos e expressões em geral.

Assim entendemos quão importante é manter as funcionalidades corporais saudáveis a fim de manter a saúde do corpo através da velhice. 

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Os benefícios do exercício físico para o sistema imunológico

Resultado de imagem para sistema imunológico
O Sistema Imunológico, é constituído por uma sequência de órgãos, tecidos e células altamente organizados com o intuito de proteger o corpo. Quando o Sistema Imunológico detecta um elemento estranho no corpo, é acionada uma reação imediata e são produzidas substâncias proteicas mais conhecidas como anticorpos.

Quando nos exercitamos, toda a nossa corrente sanguínea entra em ação. Se nos exercitarmos regularmente, o nosso sangue circula com maior fluidez por todas as áreas do nosso corpo, inclusive as zonas mais periféricas. Uma das funções do sangue é providenciar nutrientes e boa oxigenação para as células. Desta forma elas ficam mais saudáveis e mais alertas para combater os invasores. Uma vez que, para além de outros meios, os leucócitos circulam através do corpo a partir dos vasos sanguíneos, a manutenção das trincheiras do nosso corpo será muito mais eficiente se a circulação sanguínea for muito mais ativa.
Essa questão tem-se tornado tão seriamente estudada que a US National Library of Medicine tem editado artigos a confirmar que, nos indivíduos que praticam exercício físico, as células produzem anticorpos mais eficazes e ao mesmo tempo as células do Sistema Imunitário circulam com muito mais fluidez através do sangue. Desta forma, o corpo tem mais capacidade para combater enfermidades antes da sua proliferação.
Está nas suas mãos, ou melhor, nos seus ténis, assegurar a saúde do seu corpo! 

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

moderação ao comer

Resultado de imagem para eating wellÉ possível comer sem moderação, mesmo os alimentos saudáveis. Não se deve pensar que, pelo fato de haver alguém deixado o uso de artigos prejudiciais do regime alimentar, deva comer tanto quanto lhe aprouver. O alimentar-se em excesso, não importa qual a qualidade do alimento, atrapalha a máquina viva e a estorva assim em seu trabalho.

EGWhite in A Ciência do Bom Viver pag 119